SOCIOLOGIA & OPINIÃO / ANO 9

América do Sul, Brasil,
PÁGINA INICIAL LEIA ANTES! SOBRE O EDITOR TEXTOS DO EDITOR BIBLIOTECA MATERIAIS DE AULAS

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Para silenciar a ignorância racista!


Na cena acima, temos uma aula representada pelo sensacional ator Lázaro Ramos. Uma pedagogia mergulhada em didática antiracista. Um fundamento argumentativo sobrepujado pela arte da encenação. Não há como permanecer intocável emocionalmente – sendo um ser humano – perante a fala da personagem. Uma cena para silenciar a ignorância racista.

Muito bom é o filme Ó Paí Ó, uma versão cinematográfica do espetáculo de mesmo nome, realizado pelo Bando de Teatro Olodum, criado há 19 anos pelo diretor Márcio Meirelles. Além de retratar de uma maneira particular a vida dos moradores do Pelourinho, em Salvador, também em muitos momentos engrandece a cultura afrobrasileira e retira as imagens pejorativas para com a população de pele negra.

Mas o filme não trata apenas das qualidades de uma determinada etnia. Problematiza os percalços derivados das desigualdades sociais, da pobreza material e do preconceito, sem perder as cores e a beleza inerentes ao povo e à cidade da Bahia. Assim como Jorge Amado, que através da literatura construiu e ainda constrói muitos imaginários acerca da vida no nordeste deste apaixonante e cruel país, Ó Paí Ó encanta e revigora o pensamento reflexivo.
.