SOCIOLOGIA & OPINIÃO / ANO 9

América do Sul, Brasil,
PÁGINA INICIAL LEIA ANTES! SOBRE O EDITOR TEXTOS DO EDITOR BIBLIOTECA MATERIAIS DE AULAS

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

As formas elementares da vida religiosa


Ocorre na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia, o Seminário Internacional As Formas Elementares da Vida Religiosa (importante livro de Émile Durkheim), nas comemorações dos 40 anos do PPG. A coordenação do evento é das professoras Dra. Clarissa Eckert Baeta Neves (saiba mais) e Dra. Raquel Weiss (saiba mais). Fazem-se presentes participantes de vários países que debatem as implicações e as abordagens derivadas da obra cujo nome estampa o título do referido seminário.Imagem reproduzida do sítio http://www.durkheim-br.org/ Abaixo disponibilizamos o link que leva ao site e algumas considerações expostas nele.

O ano de 2012 marca os cem anos do último livro que Émile Durkheim publicou em vida, Les Formes Elementaires de la Vie Réligieuse. Mas, afinal, qual a relevância de um evento que tem um livro como foco? Para se oferecer uma resposta pertinente a essa pergunta é preciso, antes de tudo, levar em consideração o sentido dos assim chamados “clássicos” para a área das ciências sociais em geral, e da sociologia em particular. Talvez poucos autores tenham formulado tão bem quanto Anthony Giddens o que é um clássico e qual o seu estatuto para a sociologia. A construção de seu argumento começa com duas perguntas que são absolutamente centrais. Primeiro, “o que devemos entender por ‘clássicos da sociologia’” e, depois, “a expressão teoria social clássica tem alguma força real ou é apenas um rótulo vago e conveniente?”.

.
Continuar leitura…